Receitas com Bagaço de Malte

"Pegada Ecológica" representa o
impacto humano no meio ambiente
Fazer cerveja em casa é um hobby que tende naturalmente a ser mais sustentável do que comprar cervejas industrializadas. Isto ocorre por diversos motivos, dentre eles: a logística de líquidos engarrafados que depende de combustíveis fósseis, a utilização de materiais brutos pela indústria que utilizam papelão e plásticos para caixas, a fabricação das garrafas de vidro que são descartáveis(enquanto o cervejeiro caseiro reaproveita as garrafas), etc. Logo, produzir em casa é uma boa forma de beber boas cervejas e ajudar a salvar o planeta.

No entanto, apesar do relativamente menor impacto ecológico do hobby, nós sempre podemos fazer um pouco mais. Por isso pretendo descrever algumas ideias sobre como minimizar o impacto no meio ambiente e de quebra, economizar alguns tostões. Um dos principais meios para isso é abordar o aproveitamento do Bagaço do Malte, o qual tem alto valor alimentício pois, descartando a água absorvida, ele é composto de fibras(~70%) e proteínas(~20%), e sempre compõe um descarte muito significativo após uma brassagem.

Receitas com Bagaço do Malte

Pelo que eu percebi e já pesquisei, você pode manter o bagaço do malte de alguns dias ou até duas semanas na geladeira sem estragar, experimentando de tempo em tempo para conferir se realmente não estragou. Se você quiser manter mais tempo, seque eles ou congele.

O processo de secagem é demorado e trabalhoso. Você deve espalhar os grão em uma forma (sugiro usar mais de uma forma para aproveitar o gás) e colocar no forno na temperatura mínima (geralmente uns 160oC a 180oC) e deixar algumas horas, ocasionalmente desligando o forno e religando para não tostar os grãos. O ideal seria deixá-los a 90oC por umas 7 horas. Mas geralmente os fornos caseiros não são projetados para estabilizar nesta temperatura. 

Pães

Fazer pão com o bagaço do malte é uma ótima alternativa pois ficam muito saborosos e bem nutritivos (visto o conteúdo de fibras e proteínas). O lado ruim é que se utiliza relativamente pouco bagaço em cada receita (500g de bagaço para cada 1kg de farinha de trigo), e assim você precisaria abrir uma padaria para dar conta do bagaço de malte resultante de uma rotina de brassagem quinzenal. 

Existem várias receitas de aproveitamento de bagaço de malte para fazer pães. Dentre algumas que eu já testei, indico os dois links abaixo:

http://www.hominilupulo.com.br/cervejas-caseiras/receita-pao-bagaco-malte/
http://www.mariacevada.com.br/2015/01/receitas-com-bagaco-de-malte-pao-de-malte.html

Cookies

Uma grande vantagem de se fazer cookies com o bagaço, é que se pode utilizar uma razão bagaço de malte/farinha maior, e assim aproveitar uma quantidade maior de bagaço por batelada, e ainda se tem menos trabalho pois não há necessidade de sovar a massa e nem esperar crescer. Uma desvantagem é que o cookie, para ficar bom, demanda algum acompanhamento mais caro, como castanha de caju ou gotas de chocolate.

Tem essa receita do blog prazeres da casa que parece interessante, mas confesso que ainda não tentei.
https://www.facebook.com/prazeresdacasa/posts/831724680252880

Além disso, coloco abaixo a receita de um site gringo que eu traduzi e adaptei.
  • 1/3 xícara de manteiga de amendoim
  • 3 colheres de sopa de manteiga
  • 1 xícara de açúcar
  • 1/3 xícara de leite
  • 1 colher de café de baunilha
  • 2 xícaras de farinha
  • 2 xícaras de bagaço de malte
  • 1 colher de café de bicarbonato de sódio
  • 1/2 colher de café de sal
  • 1/2 xícara de castanha de caju moída ou chocolate chips ou avelã

Misture todos os ingredientes, porcione a massa e asse a 200oC por 10 minutos.

Kibe

Eu já tentei fazer kibe uma vez e ficou horrível. Acredito que tenha sido uma falha técnica minha, havia feito um BIAB um tanto negligente e restou muito açúcar residual no bagaço, resultando num kibe adocicado. Ainda pretendo testar essa receita abaixo:

https://chefcervejeiro.com/2015/10/14/quibe-com-bagaco-de-malte/

Petisco pro catioro


Uma receita interessante para quem tem cachorro em casa e quer economizar um dinheiro com petiscos (não usar grãos que tiveram contato com lúpulo uma vez que pode ser tóxico para cães):
  • 4 xícaras de bagaço de mate
  • 2 xícaras de farinha
  • 1 xícara de manteiga de amendoim(sem açúcar)
  • 2 ovos
  • 2 bananas moídas (opcional)
Misture todos os ingredientes em uma vasilha até ficar com consistência de massa. Colocar numa forma e, se quiser pressionar com formas para fazer os formatos.
Asse em fogo baixo (180oC) por meia hora. Retire do forno e finalize os formatos - ou corte em vários pedaços. Volte ao forno na temperatura mais baixa que conseguir e deixe até secar bem. O recomendado nos sites gringos é 100oC por duas a cinco horas. Como a temperatura mínima no meu forno é 180oC eu fiquei ligando e desligando. É importante secar bem o biscoito para aumentar sua vida útil, de outra forma ele desenvolve bolor muito rápido. 

Secando bem, o biscoito durará pelo menos duas semanas em uma ziplock. 

Dunkel curtindo um petisco

Barra de Cereais


Outra alternativa excelente para receitas são as barras de cereais. Basta repetir a receita do petisco para cachorros e adicionar algum sabor e alguma consistência. Mel, melado, açúcar mascavo, granola, frutas secas, whey protein, albumina, etc. Tudo isso pode ser adicionado com razoável sucesso. Whey protein e albumina é particularmente interessante se você quer aproveitar o fato do bagaço de malte ter alto conteúdo de fibras e proteínas e fazer um petisco fitness.

Assim, repita a receita do petisco para cachorros, adicione uma pitada de sal, 1/3 de xícara de mel, melado ou açúcar mascavo e 1 xícara de whey protein, albumina ou granola.




Frango à la Winterfell

Essa receita muito interessante vem do site Game of Brews que busca reproduzir receitas do seriado Game of Thrones, e seria, de acordo com eles, uma receita dos nortistas.

https://gameofbrews.com/2013/02/22/chicken-and-barley-stew/


Eu testei uma versão simplificada dela recentemente e ficou muito gostosa.
  • 200g de filé de frango temperado e cortada em cubos
  • 1 xícara de bagaço de malte
  • 1 cebola picada
  • 1 dente de alho amassado
  • 100g de brócolis picado, 100g de cenoura ralada (ou qualquer outra combinação de legumes)
  • 1 cubo de caldo (legumes ou frango)
  • 1 colher de manteiga
  • 1 colher de farinha
Com o cubo de caldo, prepare duas xícaras de caldo, reserve. Em uma panela refogue a cebola e o alho até dourar. Adicione o frango e refogue até dourar. Adicione os legumes. Quando os legumes chegarem ao ponto desejado, adicione o caldo e o bagaço de malte. Cozinhe por alguns minutos até reduzir. Com a farinha e a manteiga prepare o roux, que é a técnica de engrossar caldos na culinária francesa. Eu simplesmente misturo a farinha com a manteiga em uma xícara e coloco 30 segundos no microondas, depois eu misturo bem. Adicione o roux, cozinhe mais um pouco e sirva com um pão rústico. Serve duas pessoas.


Chilli Falsificado

Essa foi uma experiência que eu fiz recentemente com bastante sucesso. Apenas substituí o feijão por bagaço de malte em uma receita de Chilli mexicano bem prática e rápida.
  • 400g de carne moída
  • Duas xícaras de bagaço de malte
  • Uma linguiça calabresa picada
  • Uma cebola picada
  • Quatro dentes de alho moídos
  • Um pacote de molho de tomate
  • 300 ml de uma cerveja artesanal de sua preferência
  • Sal  a gosto para temperar a carne moída
  • Temperos do estilo chilli (pimenta, coentro, cominho etc...)

Tempere a carne com sal e os temperos. Refogue a cebola e o alho em uma frigideira grande ou Wok. Adicione a carne moída e a linguiça calabresa e refogue bem. Adicione o molho de tomate, a cerveja e o bagaço de malte e cozinhe por uns dez minutos acertando o tempero para ficar ao seu gosto. Servir com arroz e doritos.


                                                                                                                                                  
Acesse nosso site: cervejasextremas.com
Siga-nos no twitter: twitter.com/cervasextremas
Curta-nos no facebook: facebook.com/cervejasextremas


Comentários

Postagens mais visitadas