Pular para o conteúdo principal

Teste para Cervejeiros Extremos



Esse é o quinquagésimo artigo do blog, amigos! Para comemorar e descontrair um pouco as postagens sempre tão sérias do nosso site, responda às 14 perguntas abaixo, anote seus pontos e veja onde você se encontra no espectro de fanatismo cervejeiro! :-) 









Em se tratando de cerveja artesanal, você é um novato, um geek ou um obcecado!?
  1. Antes de você descobrir a cerveja artesanal você não tinha nenhum pelo facial, agora você têm aos montes (ou namora algum barbudo) +1
  2. Você tem uma ou mais tatuagens de lúpulos no seu corpo +3 (Adicione +3 se além do lúpulo você tiver trigo, cevada ou uma pá cervejeira)
  3. Você gastou tanto em seu equipamento cervejeiro que sua própria cerveja custa mais que cervejas belgas trapistas envelhecidas +3
  4. Você coleciona tampinhas, rótulos, growlers, latas ou garrafas +2 (adicione +2 se você colecionar dois ou mais itens)
  5. Você colocou nome de uma cervejaria no seu gato ou cachorro +3 (adicione +3 se tiver inspirado o nome de uma criança - isso é heavy metal!)
  6. Seu perfil no facebook mostra você segurando um caneco de cerveja(ou similar) +2
  7. Você não consegue mais beber direto na garrafa +1
  8. Você gasta mais com cerveja que com qualquer outra forma de entretenimento +2
  9. Você tem uma geladeira dedicada à cerveja +2
  10. Você possui três ou mais diferentes tipos de copos de cervejas +2
  11. Você possui uma conta ativa no untappd +2 (adicione +2 se você tiver mais de 300 check ins)
  12. Você tem tanta cerveja pela sua casa que você não sabe exatamente quanto você tem +2
  13. Você assistiu mais que quatro episódios do Brew Masters da Discovery +1
  14. Você já consegue identificar o tipo de lúpulo utilizado em certas cervejas +2
Agora some sua pontuação e descubra onde você está na escala de obsessão.
0 a 4 - Você é um Novato
O que há com você, cara!? Convenhamos, você pode fazer melhor que isso!
5 a 9 - Você é um Geek café-com-leite
Você está no caminho. Já descobriu a cerveja artesanal e está desenvolvendo o gosto pelas coisas boas da vida. Continue assim.
10 a 16 - Você é um Geek equilibrado
Legal! Você descobriu como equilibrar a cerveja com as outras coisas importantes da vida como…. é…. outras coisas…
17 a 26 - Você é um Geek na beira do abismo
Você ainda não caiu na obsessão por cerveja (ainda) mas você pode ver a beira do abismo. A cerveja artesanal é algo realmente importante na sua vida e você está prestes a se tornar obcecado por isso… não resista!
27 a 31 - Você é um Obcecado
Uau! Você realmente é um apaixonado por cerveja artesanal. Você faz, você bebe, estuda, chateia os outros nas festas, provavelmente você até tem um blog. A cerveja artesanal realmente dominou sua vida. Não se preocupe, isso é uma coisa boa! :-)
32 e além - Você é um Mega Nerd
Cara… você é meu ídolo! Mosto corre pelas suas veias! Você está no topo da cadeia alimentar dos cervejeiros nerds, tão obcecado por cerveja que dedica seu corpo e todo seu tempo livre à causa. Todos devem te saudar nos festivais cervejeiros.

                                                                                                                                                  
Acesse nosso site: cervejasextremas.com
Siga-nos no twiiter: twitter.com/cervasextremas
Curta-nos no facebook: facebook.com/cervejasextremas

Postagens mais visitadas deste blog

Minhas Impressões sobre Cacau - II

Cacau na CervejaAlguns maltes aromáticos são tostados até apresentarem um aroma extravagante de chocolate negro e café. Esses maltes são muito apreciados em stouts, brown ales e porters. Com o tempo isso levou os cervejeiros a pensarem em outras  formas de se adicionar estes aromas nas cervejas.




Como colocar o aroma de chocolate na cerveja feita em casa? Bem, fora o uso do malte chocolate, existem algumas outras formas: Nibs de cacauCacau em pó (ao se preparar o chocolate, quando você extrai a parte gordurosa dos nibs de cacau, o que sobra é o chamado cacau em pó)Chocolate em póAromatizante sabor chocolate
Pelo que eu li em diversas fontes, a forma mais proveitosa de se fazer isso é usando os nibs de cacau, apesar de usar cacau em pó ter suas vantagens e uma delas é a menor porcentagem de gordura, a qual pode impactar a formação de espuma. Eu apenas tentei usando de nibs de cacau e por isso vou abordar apenas essa forma aqui. Mas já li muitos relatos de pessoas conseguindo ótimos resulta…

Receitas com Bagaço de Malte

Fazer cerveja em casa é um hobby que tende naturalmente a ser mais sustentável do que comprar cervejas industrializadas. Isto ocorre por diversos motivos, dentre eles: a logística de líquidos engarrafados que depende de combustíveis fósseis, a utilização de materiais brutos pela indústria que utilizam papelão e plásticos para caixas, a fabricação das garrafas de vidro que são descartáveis(enquanto o cervejeiro caseiro reaproveita as garrafas), etc. Logo, produzir em casa é uma boa forma de beber boas cervejas e ajudar a salvar o planeta.
No entanto, apesar do relativamente menor impacto ecológico do hobby, nós sempre podemos fazer um pouco mais. Por isso pretendo descrever algumas ideias sobre como minimizar o impacto no meio ambiente e de quebra, economizar alguns tostões. Um dos principais meios para isso é abordar o aproveitamento do Bagaço do Malte, o qual tem alto valor alimentício pois, descartando a água absorvida, ele é composto de fibras(~70%) e proteínas(~20%), e sempre com…

Gengibirra

Gengibirra ou Ginger Ale é um refrigerante feito a partir do gengibre. Na Wikipedia afirma-se que foi inventado por um médico americano em 1851, no entanto no livro Sacred and Herbal Healing Beers é possível encontrar uma receita de 1819 que havia sido publicada em um livro de receitas.
Aqui em Curitiba é bem comum encontrar a Gengibirra da Cini, mas no resto do Brasil é considerado algo bem exótico um refrigerante feito a partir do gengibre. Na verdade é mais comum do que nós pensamos, existindo versões comerciais nos Estados Unidos, Canadá, Japão e Inglaterra.
Em todas receitas de Gengibirra artesanais que eu encontrei constam os seguintes ingredientes: água, gengibre, açúcar (na maior parte das vezes mascavo), limão e fermento de pão. Alguns apresentam alguns componentes a mais como: clara de ovo, creme tártaro (bitartarato de potássio), ictiocola (colágeno obtido da bexiga de peixes), abacaxi e mel.


As receitas que a gente encontra na internet e em livros como o Sacred and Herbal…